Gabriella Coradine

Seleção Brasileira de Conjuntos de Ginástica Rítmica

Gabi tem 16 anos e esse é seu primeiro ano na categoria adulta. Ela começou a treinar ginástica rítmica com 6 anos, em Londrina, na ADR Unopar, seu clube até hoje.

A ginástica, para ela, representa sua vida! E realmente, o esporte está no sangue: sua mãe e treinadora, Juliana Coradine, foi ginasta da seleção brasileira e fez parte do conjunto que conquistou a primeira medalha de ouro em Jogos Pan-americanos na ginástica rítmica, nos Jogos de Winnipeg em 1999.

Gabi coleciona títulos: foi 3 vezes campeã Sul-americana de conjuntos; participou do primeiro Campeonato Mundial Juvenil em 2019; é vice-campeã brasileira da categoria 12 e 13 anos; bicampeã brasileira de conjunto; vice-campeã Pan-americana juvenil de conjuntos e foi campeã brasileira na categoria especial 16 anos, em setembro de 2021.

💬 "Sempre me inspirei muito na Nati Gaudio principalmente, mas também na Babi Domingos e ginastas internacionais como a Linoy Ashram e Sofia Rafaelli. Mas dentro da seleção de conjuntos uma ginasta em quem eu me inspiro bastante hoje é a Bárbara Galvão."

Atualmente, competir as Olimpíadas de Paris 2024 é seu maior sonho e principalmente, sua maior meta.

💬 "As minhas expectativas para os próximos anos são que eu possa aprender bastante e principalmente conseguir uma vaga no conjunto principal"

Para quem está começando no esporte, ela deixou um conselho:

💬 "Apesar de todas as dificuldades, tudo é possível, então sempre façam o que vocês amam dando o melhor de vocês, procurem melhorar um pouco a cada dia. E principalmente não desistam, porque no final vale muito a pena!"

Gabriella Coradine